12 de mar de 2011

A Palavra Arquitetônica - Renato Leão Rego

No panorama que a produção arquitetônica nos apresenta hoje vemos, entre a herança do movimento moderno, marca sem dúvida alguma da arquitetura do século XX, negação, inovação e muita revisão. Pauta-se, a arquitetura contemporânea, pela ausência de um paradigma comum. Arquiteturas, no plural, apresentam formas e métodos diferentes.
Tamanha liberdade não é paralisante?
A menos que a sintonia voluntária com um destes ‘modelos’ ou a aceitação do ecletismo estabeleçam e fomentem a criação da nova arquitetura.
Pensar a arquitetura já é julgá-la.