18 de jan de 2011

Decoração: Camas


CyberVida


CyberVida

Phobos e Deimos

Artezanal


Nada mais gostoso do que o aconchego de uma cama bem quentinha!

Dormir bem um sono tranqüilo faz qualquer um recuperar as energias. O mesmo, no entanto, não se pode dizer das noites passadas em claro. Dormir menos de seis horas, de pode causar hipertensão, irritabilidade e alterações no humor. A memória e os reflexos ficam bastante prejudicados e também há déficit de atenção. Além disso,a falta de sono provoca alteração no metabolismo, levando à obesidade. "Ninguém deve se privar do sono, principalmente motoristas, profissionais que operam máquinas de precisão e estudantes".

As doenças do sono têm impacto na qualidade de vida e na saúde. "Quem tem apnéia, por exemplo, deve tratar esse mal para conseguir dormir direito, pois ela aumenta o risco de problemas cardiovasculares".

Insônia - A insônia pode ser provocada por vários fatores que variam de expectativas (viagens, compromissos, reuniões de trabalho, provas), problemas clínicos e emocionais passageiros. Os critérios utilizados para definir se alguém tem insônia são o tempo, a freqüência e o período que a pessoa demora para dormir ou voltar a dormir superior a 30 minutos. Esta dificuldade em iniciar ou manter o sono deve ocorrer pelo menos três vezes por semana e já deve estar ocorrendo há seis meses para ser caracterizada como insônia.

Segundo estudos, as mulheres são as que mais sofrem com esse problema. "Principalmente no período peri-menopausa (que engloba a pré-menopausa até um ano após a menopausa) e na menopausa. Socialmente e psicologicamente a mulher é mais dividida, mais sobrecarregada", justifica Rosa. "Homens ou mulheres, ninguém deve achar que dormir mal é normal. É um problema grave de saúde que deve ser tratado. E o médico neurologista é o profissional indicado para resolver esse problema".